sábado, 25 de julho de 2009

A rede...

Tudo transcorreu calmamente no almoço e eu e Cici cuidamos de tudo no final... Seu Juca ficou conversando com os meninos e fiquei bem mais à vontade... Lavamos a louça, varremos a casa numa rapidez incomum... Tamanha pressa era para podermos ficar a sós... apenas eu e Cici... Mas, o cansaço nos pegou já no fim e nos deixamos cair numa das redes da casa... Ficamos lá, indo e vindo no balanço remoto e deixando o sono se achegar... Lembro-me de ouvir Seu Juca dizer:"-Essas duas vão ser assim pro resto da vida... corda e caçimba..." O riso da Cici se fez ouvir e, aos poucos as vozes se iam sumindo... Dormimos abraçadas sentindo uma o coração da outra... Minha mão mergulhada nos cabelos de Cici que tinham cheirinho de fruta , me lembravam maçã verde... uma de suas mãos ficou pousada entre os seios e a outra por cima do meu tronco... sua cabeça, se apoiou em meu ombro deixando seu rosto próximo ao meu colo... pernas entrelaçadas as minhas faziam com que ficassemos grudadas na rede... ficamos até o meio da tarde nesse cochilo... cochilo longo... sonho molhado... despertei com a sua mão no meio de minhas pernas... e um pedido feito quase soprado no ouvido... "-Acorda.. me beija!"... nem bem abri os olhos ela me beijou... Cici tinha essa vontade de amar... de se sentir amando... e eu ia gostando inda mais desse jeito... de tê-la perto... de sentir esse jeito de amar em mim... e me deixava amar e sentir ... Prazer... ela gostava de me dar esse prazer... de me sentir molhada em seus dedos... de me sentir inchar... de me ver tendo prazer com uma mulher... ela gostava e aprendeu rápido... o melhor do sexo é gostar do que se faz... de poder saber onde se pode tocar pra sentir prazer... onde se pode apertar pra acelerar o gozo... aprofundar e sentir o gosto... Boca macia... me beijava e me deixava a deriva quando descia pelo pescoço e me lambia na volta...

-Doida!... Vamos pra casa!!
-Não... te quero aqui... na minha rede...
-Cici...
-Me dá?!...

num beijo abri as pernas e minha calcinha foi posta de lado... cobriu minha xota e senti sua mão quente... estava encharcada de desejo, de tesão... seus dedos deslizavam fáceis... e aos poucos iam me invadindo... eu respirava fundo tentando me controlar... mordia os lábios segurando um gemido... fechava os olhos e não conseguia... então, minha mão correu em seu seio... senti seu bico pedir minha boca... senti seu corpo pedindo o meu. Sua boca querendo meu beijo,minha língua... sem lhe resistir me entreguei... Mas eu a queria... eu queria e sem pensar esqueci de tudo. Estavamos nos fundos da casa protegidas, apenas, pelos lençois pendurados no varal... Sentei-me e puxei-a para mim... pernas abertas em meu colo, consegui deixar as pontas dos meus pés tocar o chão e ter um apoio... Beijei entre seus seios e senti seu corpo arquear... um a um suguei... senti os bicos enrijecerem e lhe fiz gemer... Puxei-a mais para mim e beijei seu queixo... fui até sua orelha e senti seu perfume doce e suave... Olhei em seus olhos... ela pôs suas mãos em meus ombros... empurrou-me me fazendo deitar na rede... fui deitando e sentindo suas mãos em cada seio apertar meus bicos... fiquei olhando-a... olhos lindos, cabelos soltos caidos nos ombros... uma alça que teimava cair e deixava seu ombro a mostra... Passou a mão a barra do vestido e o tirou de uma única vez... Jamais vou esquecer... cada pedacinho do seu corpo estava ali, só pra mim... PRA MIM!!! Fiquei olhando, admirando... o contorno dos seios, os pêlos, aloirados do ventre, arrepiados de tesão... Ela pegou minhas mãos e as colocou sobre os seios... fechou os olhos e me deixou seguir... Dessa vez, beijei delicadamente... deixei-a sentir o calor da minha boca... num abraço, percorria suas costas, da nuca ao rêgo sentindo nas mãos seu corpo que me queria... senti seu ânus piscar e forçei com meu dedo... Ouvindo seus gemidos a deitei-a por completo... língua no umbigo, na barra da calcinha, na virilha... e ela se contorcendo... puxei-lhe a calcinha e vi seu grelo exposto... toquei com a ponta da língua e lhe arranquei um grunido... fiz voltas, subia e descia... e mais ela se abria, e mais ela me pedia... ela brilhava... lambi, chupei...mordi... senti seu gosto estalar enquanto ela se esfregava em meu rosto... procurou minha mão, puxou-a e indicou o caminho... não precisava... tudo o que eu queria era ver meus dedos sumindo por dentro dela... e iam... invadindo devagar... sentindo a gruta quente, molhada... '-Mais um!..."ela me pediu... e coloquei mais um dos meus dedos... enquanto eles entravam e saiam, enquanto ela rebolava e se abria.. eu lhe sugara o grelo e lhe arrancava gemidos mais altos... senti de leve uma contração... acelerei o vai e vem... outra...e outra... chupei mais forte... lambi mais forte... em segundos ela explodiu segurando minha cabeça como se me quisesse devorar... que gostoso sentir os dedos serem mastigados... sentir seu grelo latejando a boca...ouvindo gemidos arfados, descompassados e, erguer o rosto e ver seu sorriso... Cici. Minha doce e meiga Cici... Se fez minha naquele momento... Depois desse dia iriamos nos ver somente no Natal... mas , aqueles momentos que estava desfrutando no sítio, com ela, com os meninos eram meus presentes antecipados. Eram sentimentos de prazeres novos... eram sensações gostosas que preenchiam a alma amante... Ela me olhava e sorria... simples como uma brisa... assim se afloravam nossas vontades... Quisere ter a semana inteira pra aproveitar e ser desvendada... ela me beijou e sentiu em minha boca o seu gosto... Sem palavras... percebeu em mim o querer, o desejo...

-Vem!... Vem gozar na minha boca...(dizia enquanto passava o pé em meu seio)
-Cici... vamos pra casa... é melhor...
-Tá bom mas, eu quero só você!(protestou e eu ri)
-Vai ser difícil... lembra como eles nos olharam no sofá, antes do almoço?
-Lembro... mas eu quero só você!!... Sabe, a Letícia não vai acreditar quando eu contar...
-Então não conte... basta só nós sabermos(sorri dando-le um beijo)
-Mas mesmo assim eu conto... ela vai gostar de saber que aprendi direitinho a conquistar uma mulher...

rimos... levantei e lhe passei o vestido. Ela espreguiçou o corpo e quando ia me beijar o 'D' apareceu nos dando um susto... Nos abraçou e nos beijou... Veio nos chamar para arrumamos as últimas coisas antes de irmos embora... abraçados, voltamos para a casa. Oscar nos esperava e tinha um sorriso nos lábios...

-'D'?... Espera... O que aconteceu com o Oscar??
-Ah... tá de cara boa!
-Tá mas o que houve?(perguntou Cici)
-Acho que depois de uma conversa que tivemos ele tem uma melhor ideia das coisas que se passam no coração...

e nos aproximamos dele e recebi um longo abraço e, Cici, um beijo... voltamos, os quatro de mãos dádas... felizes e faceiros...

-E ai?!(pertgunta Oscar)... qual das duas vai tomar leite primeiro?...(rs)

23 comentários:

meus instantes e momentos disse...

Venho aqui antes de tudo pelo prazer de estar, pelo prazer de te ler.
Mas hoje tb para agradecer teus coments. em meu/s blog/s.
Obrigado minha linda. Gosto muito de vc tb.
Tenha um feliz final de semana(sempre).
Beijos.
Maurizio

Katy disse...

Ai Nanny, só vc para me deixar assim, com esses teus contos deliciosos...acho que já li todos os arquivos...delícia demais!!!
Ótimo final de semana!
Beijinhos.

εïз εïз Doce Essencia εïз εïз disse...

Eita lele...(2)

Bom,sou suspeitaaaaaa ao extremo pra dizer que a cada leitura que vejo aqui e motivo pra viajar por um mundo cheio de paixao,gemidos e prazer.
Miga,miga...rsrs
Es a nova escritora de contos e eu apoio essa ideia..rs

Doces Beijos

Doce Essencia

Blue disse...

Boa leitura para um, domingo chuvoso e frio!

Beijos

Everson Russo disse...

Um beijo muito carinhoso no seu coração e o desejo que tenha uma linda semana....

Katy disse...

Oh, tem selo lá no blog para você...
Beijos.

hOt_male disse...

sempre um tesão
cada visita que te faço
deliciosamente bom
doce beijo
em ti...fundo
molhado e kente
...sempre!

Luna disse...

Excelente conto.
De um erotismo contagiante.
Bj de Lua

meus instantes e momentos disse...

é bom te (re)ler, gosto daqui..
Maurizio

Sonhos e Devaneios disse...

E qual das duas tomou o leite primeiro...adorei esta brincadeira
joao

Jota disse...

ahhh! abrir as pernas e colocar a calcinha de lado é jogo baixo!
que delíciiiia!


Beijos,
Jota.

Quem é disse...

Estou pronto para brincar com você sua vadia.

εïз εïз Doce Essencia εïз εïз disse...

Miga

Uma linda semana pra vc !

Doces Beijos

Doce Essencia

Sir Lancelot disse...

Delírio, loucura, tesão...

Fico extasiado quando te leio.

Beijos.

Fragmentos Intemporais disse...

Hum...

Hoje começo bem o dia... na companhia da vontade, da loucura, da tesão que me invade a carne sedenta por mais!

Deliciei-meee...

Obrigada pela visita.

EROTICAMENTE FALANDO

http://eroticamentefalando.blogspot.com/

PASSOU
POR
AQUI

PEKADUS disse...

Amigaaa..
Palavras para quê..

Huum..é um tesão mesmo..temos escritora..

Bjo meu em ti..

Obrigada pelo teu carinho,la no meu sitio..

Sacerdotisa disse...

Ai... sempre que venho aqui, fico com idéias... rs...

Que saudades de ti, amiga!

Tempestade disse...

O conto é lindo!
Sempre gosto de ler!
Você escreve muito bem, sempre!
Beijos Tempestuosos!

Everson Russo disse...

Um otimo final de semana pra ti...beijos

▒▓█► JOTA ENE ® disse...

ºº
D:I:V:I:N:A:L:

0000000__________000______000000
00000000_________000_____000__000
000___00_________000____000____000
000___00_________000____000____000
0000000__________000____000____000
0000000____000___000____000____000
000___00___000___000____000____000
000___00___000___000____000____000
00000000____0000000______000__000___000___000___000
0000000______00000________000000____000___000___000

EU SOU NEGUINHA disse...

Adorei o conto...
Matando saudades..
beijos da nega

Everson Russo disse...

Uma linda semana pra voce querida...beijos

Everson Russo disse...

Muito carinho pra ti, um beijo e uma semana de paz...