quarta-feira, 15 de julho de 2009

um pouco mais...


Quietos, abraçados... me senti protegida como uma menina tendo ele como meu protetor... era essa a sensação que ele me transmitia... proteção... ouvimos batidas na porta... Nos olhamos e, por alguns segundos ficamos em silêncio como se fosse possível afastar a quem batia e parar o tempo... eu queria mais! Ele, me deixaria tê-lo mais uma vez... Num olhar ele me desvendava e sabia, sentia a minha vontade mas, realidade existe e deviamos deixar para uma outra vez. Ele se levantou e se vestiu calmamente... nem sequer um "quem é?!" foi dito por nós... apenas, nos demos este momento. Minhas pernas bambearam quando tentei me levantar e o 'D' me ajudou...
Me vestiu com outro vestido, penteou e arrumou meus cabelos... quando viu que estava bem, me levantou... Quando abriu a porta, Cici estava de punho fechado e bateu no vento... quase ri se não fosse a preocupação estampada em seu rosto... Oscar, sentado no sofa, não se deteve e levantou-se com ar de poucos amigos, me pegou pela mãos... nenhuma palavra... levou-me para fora, para a varanda. Lá, sentou-se comigo apoiando minha cabeça em seu ombro, beijou-me a testa e respirou fundo...

-Oscar, eu estou bem... porque...
-Não diz nada... só fica aqui, assim...

Sua voz soava docemente. Eu queria lhe dizer que estava bem mas preferi ficar ali... deixar o tempo passar... vendo o início da tarde clareando e todas as outras nuvens se discipando no céu... Não iria mais chover... Cici veio até nós e sentou ao meu lado... ficou olhando o céu... Recostada no colo do Oscar, acariciei seus cabelos e ela fechou os olhos... relaxou o corpo e levou sua mão até minha perna sem me olhar... a puxei... a abracei e ficamos os três assim, no silêncio. Eu até entendia a preocupação deles mas, me sentia tão bem... Meu corpo ainda trazia um pouco do aroma do mel... sentia em mim o peso, o sabor do 'D' em minha boca... instintivamente fechei os olhos... assim como havia feito com Cici, passei os dedos nos lábios e rebusquei o gosto, pequenos choques no estômago... um sorriso que escapou num suspiro... Oscar afagava meus cabelos, Cici passou o braço em minha cintura, levantou a cabeça e me olhou... pude ver tantas perguntas em seus olhos que apenas sorri e lhe abracei com mais força... Uma longa gritaria dos homens no curral mostrava que o trabalho estava terminando. Logo, iriam todos a casa do seu Juca para almoçar e nós deveriamos ir também... O 'D', pela janela nos chama... quando chegamos na sala, ele está sentado e pede que nos sentemos também...

-Hoje aconteceu uma coisa que eu queria que tivesse acontecido em outro lugar, de uma maneira diferente mas, aconteceu aqui. Nenhum de vocês dois precisa ficar preocupado com ela porque eu cuidei bem. Depois, Cici, se ela quiser ela pode te contar e,... Oscar... primo!... Você sabia que eu queria isso a tempos. Não foi como deveria mas, você sabe... (Oscar fez que sim e num tudo bem, bateram mãos e se abraçaram) Com o tempo, meu amor, você vai entender o porque de muitas coisas que aconteceram aqui no sítio. Eu, só posso dizer que um dia você vai escolher... O que será eu não faço ideia mas, se depender de nós, será o melhor. Cici, linda! Não esperava que você fosse se mostrar assim pra nós... e, sempre que quiser, pode se juntar a nós nas brincadeiras...(risos meus e dela) Eu não queria que essa conversa fosse assim mas, não quero que exista nenhuma desconfiança do que sentimos uns pelos outros. Iremos embora depois do almoço e não quero ir embora com essas caras preocupadas de vocês dois(ele afaga Cici e Oscar nos cabelos.. nos abraçamos todos)...


Beijos, sorrisos e vamos eu e Cici na direçãos do quarto quando o 'D' nos diz que prefere ele limpar e guardar tudo. Assim, ele chama Oscar para ir com ele e ficamos nós duas na sala... Assim que saem, Cici me puxa...

-O que foi que aconteceu lá dentro??
-Cici... a gente só namorou... ué...(respondi sorrindo, jeito de moleca)
-Ahh... você vai me contar, sim senhora... Fiquei aqui morrendo de medo dele fazer alguma coisa com você e...
-E fez, Cici... (risos) e fez...
-Não vou mentir...(colocou uma das mãos cobrindo a boca e sussurou) ouvi você gritar... doeu?

repetindo o mesmo gesto, respondi...''-não... foi delicioso..." e rimos... rimos muito... ela fazia caras e bocas a medida que eu ia lhe contando o que acontecera e ela me dizendo que não acreditava... eu lhe contei tudo o que senti e até pude lhe dizer com detalhes o sabor de ter o medo transformado em desejo... Ela cobria o rosto com as mãos e se largava no sofá, ria gostosamente e vi em seus olhos algo brilhar...


-O que foi, Cici?
-Você!...
-Eu o que?!...
-Você 'tá' diferente... tem uma coisa diferente...
-Eu?! No que eu estou diferente?...
-Não sei te dizer direito mas que 'tá', 'tá'...(rimos e nos abraçamos...)
-Eu gosto de você,Cici... e eu me solto fácil com você...
-Que bom!! E somos assim desde novinhas, né?!... Foi muito bom ficar com você...
-Foi sim, também gostei(risos e afagos)...
-Vem cá... (me puxou pro seu colo e deitei)

Ela mexia no meu cabelo e eu olhava pro teto... um afago mais lento... mais terno... fechei os meus olhos... suspirei sentindo o cheiro na minha pele... palavras soltas salpicavam na mente... tudo o que foi dito, sentido e consentido... vibravam em mim... o que viria depois daquilo? o que eu deveria esperer de tudo aquilo?... Me aconcheguei mais ainda no seu colo... e ouvi seu suspiro... Logo iriamos embora mas nos veriamos no Natal, faltava apenas quinze dias e eu disse isso..."-Daqui a quinze dias a gente vai se ver de novo..." Ela passou o dedo nos meus lábios... abri os olhos e vi que estava triste...

-Cici... que foi?!
-Eu sei que vocês vão voltar... mas é que está tão bom vocês aqui... Deixa pra ir amanhã cedinho?!
-Cici,... não podemos... já era para termos ido mas, por conta desse serviço é que ficamos...
-Eu sei... mas eu fico tão sozinha aqui...
-Não fica assim...

Um abraço, um carinho e um beijo... Cici tem um beijo gostoso, uma língua macia... quente... me acende fácil, me deixa com vontade... Suas mãos tem um toque delicado... e gosto dos carinhos que ela me faz... ela sabe onde e como me tocar... Me deixa assim, molinha... ela se levanta e deita sobre mim... pernas entre pernas... os corpos se enlaçam num abraço, rostos colados... e eu querendo mais... mas, não tinhamos tempo pra isso e apenas nos beijamos... Beijos doces,... longos, quentes... beijos deliciosos... beijos que nos permitiamos dar sem medo, sem tempo... Os meninos chegaram e nos viram assim... agarradas, namorando no sofá... Um grito vindo de fora desperta, interrompe... Nos olhamos e sorrimos... eles nos olham e desejam... dizemos juntas... "vamos almoçar?"...e seguimos para a casa da Cici... No caminho ela pergunta aos meninos se depois do almoço teriamos sobremesa... "-Leite de canudinho... querem?!" nos diz Oscar... E, de boca aberta e língua pra fora, dizemos aahhhh...

14 comentários:

Sir Lancelot disse...

Cada parte dessa história envolve e faz a gente querer mais. Quero mais.
Está uma delicia acompanhar.
Bjs.

Katy disse...

Ai, cada coisa boa....tbm quero!...rsrs
Bjs.

meus instantes e momentos disse...

é bom ler voce...
Apareça, apareça sempre, apareça mais....
Maurizio

Niina disse...

Adoro ler aqui...esse sequência fica o mistério no ar.

mto bom!


besinhos

Rebecca disse...

Sempre bom voltar e ler suas histórias, gosto muito!
Beijos!

meus instantes e momentos disse...

passando para te desejar um ótimo domingo.
Maurizio

fatti___ disse...

oieeeee...passando para deixar meu carinho...

Amigaaaaa

O amigo é proximidade

É silêncio, palavra idealizada

É um toque de intimidade

Na liberdade que lhe é reservada


Amigo é ternura

É em verdade doce companhia

É parceiro na procura

Cúmplice na alegria...


Amigo é presença abençoada

Anjo que apóia e incentiva

O par ideal para a jornada

Que junto a nós, nos sensibiliza




Amigo é por fim, quase um irmão

Que jamais deixa de nos procurar

É responsável pelo pulsar do coração

Toda vez que ele busca aprender amar...

Feliz dia do Amigo...
bjus suaves...

Fatti___

Mr.D disse...

isto aquece

Everson Russo disse...

Um beijo carinhoso pra ti e o desejo que tenha um lindo dia...

Sandra disse...

Tem um lindo presente te esperando em Curiosa e um lindo Jardim de Flores de Esperando no Blog Uma Interação de Amigos.
Passe lá. Ficarei muito Feliz com a sua chegada.
Com muito carinho
Sandra

Everson Russo disse...

Beijos querida, tenha um dia de paz...

εïз εïз Doce Essencia εïз εïз disse...

Querida amiga...


Venho visitar-te...e bom voltar...e vejo que tal historia esta mexendo com muitos aqui...rs

Doces Beijos


Doce Essencia

Everson Russo disse...

Um doce beijo pra voce e o desejo que tenha um lindo dia...

Fran Melo disse...

Querida Nany vim te agradeçer pelo carinho!amiga estou bem ,obrigada...
Que seu fim de semana seja maravilhoso...
beijo-te