domingo, 8 de novembro de 2009

Chuva...



Assim que chegamos começou a chover. O 'D' entrou com o carro e num piscar de olhos tudo estava escuro... A chuva de gotas que chicoteiam...

-Nossa... esse fim de ano está chovendo muito! Será que lá no sítio vai estar assim?
-Espero que não, minha linda. Mas seria muito bom ficar por lá com você!
-Seu bobo!(risos e um beijo)
-Vamos terminar de tirar as coisas do carro... quero terminar o que começei na tua casa!
-Terminar?!... Poxa... pensei que estivessemos só começando...

Falei com ares de sapeca segurando a barra do vestido...sacudindo o corpo, levei o dedo a boca.Ele sorriu e ficou me olhando... "-Para com isso... Quer que eu te pegue aqui, na frente da casa?"... Nossa, seus olhos mudaram! Ele deixou a caixa na varanda e veio lento em minha direção... senti o corpo queimar e quando vi, estava correndo para os fundos da casa... Aos fundos a casa do 'D' tinha um quintal grande com duas árvores, o canteiro de ervas e flores e uma espécie de alpendre num dos cantos do terreno. Era algo lindo de se ver e destoava da frente da casa pois parecia um pedacinho do sítio encravado ali no quintal. Corri dando voltas até ele me pegar... me abraçou a ali, debaixo de chuva ele me beijou... Um beijo sem fôlego, quente. A chuva nos molhava mas eu podia sentir o corpo queimar... Um tesão louco tomou conta e ali, debaixo de chuva, ele começou a se despir... o muro alto nos dava a segurança de não sermos observados. Ele vinha como um sonho... tirando a camisa, o cinto... eu dando passos calmos para trás. Quando ele parou para tirar um dos sapatos eu aproveitei. Coloquei as mãos por baixo do vestido e tirei a calçinha... ao rodopiar com ela no dedo, não contive o sorriso e o chamei... Ele me pegou com tamanha vontade que que senti um tremor me percorrer.. Tremor igual ao do gozo quando vem e que te faz fechar os olhos e relaxar todo o corpo... Seus dedos invadiram meus cabelos e sua boca me sugava e comprimia os lábios molhados... estava encharcada, vestido colado no corpo... ele me soltou e ficou me olhando... sob a chuva, eu sentia cada gota que batia forte na pele ... minha única proteção era o fino tecido do vestido que já revelava todo o corpo. Com um gesto de dedos apontava para as alças do vestido... Desci a alça esquerda... desci a alça direita e fui, lentamente deixando o vestido cair... Já tremia de frio quando fiquei completamente nua e joguei o vestido para ele. Ele veio até onde eu estava e me no colo... caminhou até o banco lateral ao alpendre e sentou-se a beira me penetrando enquanto me pousava em seu colo. Gemeu me abraçando forte... A sensação do corpo molhado de chuva com o calor que vinha do meio das pernas era delicioso. Sentir sua boca quente no meu pescoço e isso me fazia gemer deliciosamente... apoiei os pés sobre o banco e senti a água escorrer pela pelas costas e molhar o rego... cavalguei sentindo seus dedos tecendo o mesmo caminho do fio d'água até me penetrar...

-Huummm... como está quente!...( inconciêntemente acelerei... )
-Não... não, amor... fica assim. Assim... devagar. Isso... deixa eu te sentir mais...(mais?! ele estava inteiro dentro de mim e aquilo me deixafa com mais tesão)
-'D',... você sabe que...
-Assim... sente?...sente?!(ele provocava o pulsar dentro de mim...)
-Sinto...(disse rouca quase sem voz)

Ele se levantou, ainda comigo em seu colo...ainda dentro de mim, e me levou para debaixo do alpendre. Me deixou na beira do bando e iniciou um vai e vem lento onde tirava todo o pau de dentro de mim e recolocava... Eu estava tão arrepiada pelo tesão e pelo frio que ele dizia sentir cada pelo eriçado do meu corpo... Os mamilos se tornaram sensíveis a ponto de eu quase gozar quando ele lambia ou sugava... Delirante... o cheiro da chuva, o cheiro do 'D'... do sexo que se misturava me entorpecendo me deixando totalmente entregue a sensação de tê-lo daquela maneira... Suave e firme... O controle que ele tinha de si próprio ali não se comparava ao do dia em que me vendou e me banhou de mel... Era maior... De repente ele se afastou... me olhou e disse "- Toca!... Se toca pra mim..." molhei meus dedos e deslizei até meu grelo... estava tão quente, tão teso... coloquei dois dedos e começei a me masturbar pra ele... Senti o gozo vir e ele disse não!... "-Não goza... Mandei você se tocar... não gozar"...fechei os olhos e tirei a mão. Ele veio até o meu lado e disse baixinho no meu ouvido:

- Continua...não mandei você parar!
-'D'... me deixa gozar?...
-Não!
-Por favor... me deixa gozar...(senti que iria chorar)
-Não.
-Por favor 'D'...

Ele me segurou e me fez ficar de quatro no chão... Bateu forte na minha bunda e pergutou se eu queria gozar... eu disse que sim e novamente, deu uma palmada mais forte...

-Quer gozar?!
-Quero...
-Quer gozar minha puta,... quer?!
-Quero...por favor 'D'...
-Se toca... coloca seus dedos... quero ver(e fiz)

ele se colocou atrás de mim e me penetrou até encostar na minha bunda... meus dedos sentiam seu membro através da fina camada e em poucos movimentos eu gozei... O estrondo de um trovão veio junto com meu gozo... senti o corpo tremer e ele ficou parado sentindo meu cuzinho morder seu pau. Eu sentia minha vagina abraçando e encharcando os dedos ainda mais. e aquilo me fazia sentir os espasmos e estancar o corpo... ele ficou parado esperando meu corpo se acalmar e quando sentiu, começou o vai e vem... Ouvimos um novo estrondo e ao olhar por sobre o ombro e ver seu rosto senti que não aguentaria mais... foi quando ele me disse que não gozaria assim...

-Fica aqui... de joelhos(disse enquanto se masturbava)
-Junta e abre as mãos... assim...

ele se masturbou e quando estava perto de gozar disse VEM! Deixei minhas mãos espalmadas recebendo todo o gozo... ele gemeu gostoso quase gritando... senti seu gozo quente nas mãos e, no brilho dos seus olhos, percebi o que ele queria... me lambuzei com todo o seu leite... rosto, seio ventre... lambia os dedos e as mãos e passava novamente no rosto...

-Isso minha gatinha... lambe! se limpe direitinho...

Ainda com seu gosto em minha boca, recebi seu beijo me tirando o ar... Ele me levantou e me levou no colo até a chuva... Abraçada em seu colo, senti a lágrima do meu gozo se misturar e se perder... Naquele instante percebi o quanto eu o queria e como fomos loucos em nos amar ali!Senti o quanto ele me fazia bem e me deixava segura... E , tudo o que eu poderia fazer era obedecer e receber todo o carinho e paixão que ele mesmo disse, havia guardado pra mim...


43 comentários:

Joie disse...

Uiuiui....que delíciaaaaaaa!!
Na chuva assim, loucos de tesão e desejos é tudo de bom!! Até desconcentrei.. ;)
Beijos Linda
Joie

Hellena disse...

Amiga lindaaaa !

Que delícia de post.
Tem coisa melhor que amar na chuva ?!?!

Boa semana amiga
Bjssssssssss no coração

PEKADUS disse...

Nany..

Visitar "o meu tesão"..é uma iguaria aos..sentidos..
Prazeroso desconcentrar..

Bjos meus..molhados..não da chuva..mas de..Pekadus..meus..

Lobo disse...

Hoje choveu...
Foi loucura...
Um trovão explodiu...
Fugiste... Agarrei-te...
Aqui...
Ao ler-te sinto!!!... Que dispo... O teu vestido...Baixo as alças e beijo-te os ombros a descer pela pele, subo com os lábios os teus seios e contorno os mamilos com a língua...

A chuva molha o vestido e mostra os contornos do teu CORPO...
Regada a pele das tuas coxas com a saliva misturada com a chuva...
Num frenesim os corpo se encontram e tremem...
De prazer e desejos...

Um trovão rebenta e solta os néctares dos corpos...

Beios molhados... :)

Li-te num frenesim de prazer!...

Sonhos e Devaneios disse...

minha querida .que delicia de historia einh....voce sempre tão forte.....as vezes ate me questiono ...sera que este tesão todo existe....neste mundo tão corrido, neste mundo tão sem sentimentos ....beijos joao....

Preto & Branco disse...

Estou aqui no seu blog desde as 9.30 da manhã, ainda não consegui para de ler, mas infelizmente tenho que ir .
Prometo que voltarei.
AMEI seu blog, não escrevi em maiusculo para destacar, mas sim para perceber o quanto gostei . :)

Beijo

Ricardo Calmon disse...

AFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFF!
Meus sais,minha carteira da Amil Saúde,meu cardiologista,ufa!
Mas ki calooooooor!

Amei conto ufa esse!

Viva Vida Bzus!

Anônimo disse...

sempre maravilhoso isso aqui rs bjs
Pedro

Ricardo Calmon disse...

tô enfartando,mas...kienfarto gostosooooooooooooooooo!

afffffffffffffffffffffff

Viva a Vida sedutora e erótica escriba!

ameiiiiiiiiiiiiiiii

viva vida!

Casadinha disse...

Nany....

Você está cada vez mais deliciosa...Adorei o texto, os detalhes, a safadeza gostosa feita com amor...

Beijos em vc

Ricardo Calmon disse...

Tesão meu maior,entre delícias essas,por ti declamada, em o amor entre corpos praticar,a vida sublimar,saber é que amamos vc,mui mais que campos floridos de corpo teu,é amor fazer com alma viva tua,poeta amada nossa!

BZU!

VIVA VIDA!

meus instantes e momentos disse...

um bom domingo pra voce...
Maurizio

Pingo de Mel disse...

Pôxa, minha amiga. Fiquei toda molhadinha só de ler. Fantástico

El Brujo disse...

Não se esconda de mim... deixe que te explore com todos os sentidos. Deixe que teu aroma, teu perfume, teu cheiro de prazer impregne meu ar.
Permita que do teu gosto mais íntimo, eu possa saborear.
Apresente-me aos teus contornos de fêmea, Deusa, mulher...

Bom dia!

EROTICAMENTE FALANDO disse...

Só uma palavra...

ADOREI!

Fiquei sem brasa depois de ler um relato destes!

Beijos e boas sensações!

Novo post no meu cantinho...
Atreva-se a ler uma história vivida na primeira pessoa - Eu!!

Ricardo Calmon disse...

Olá Grande T Nany Amadérrima Nossa:

Vortei para replay em posts seus !

tchau!

Viva Vida!

Cadinho RoCo disse...

Quando o momento aparece não há chuva que segure.
Cadinho RoCo

Nilson Barcelli disse...

Muito bem escrito e sensualíssimo.
Beijos.

Intensa disse...

Ola,
Adorei seu blog, uma delícia de ler...
Sou nova por aqui e estou adorando.

Parabéns,
Intensa

Cadinho RoCo disse...

Já de volta.
Cadinho RoCo

Katy disse...

Ai ai ai...sem ar, suspirando e tudo mais, por aqui...
Uma delícia!
Beijos.

El Brujo disse...

Sou fã... bom dia!

No fim de tarde
Na praia olhando o mar...
Contemplando o por do sol,
Aguardando a lua chegar
Quem sabe no crepúsculo
O sonho se torne real
Vindo aqui me brindar.
Imagine, o Sol e a Lua
Em eclipse aqui, nesse lugar.
Amando-se no céu
Embarquei numa nau de sonhos de papel
Percebendo que a espuma das ondas de sal
Arrebentando na praia podem ser puro mel
Em Porto sempre a te esperar
Elevando meu espírito, libertando-me,
Navegando nas ondas tornando o destino real

El Brujo disse...

Pro teu fascínio por lobos!

Quero teus pedaços
Despida, totalmente nua
Transtornada por teu homem
Me encontrando em fogo,
Em água, totalmente molhada,
Por mim viciada
Me devorando, me traçando
Como animal no cio,
Cravando teus caninos em mim
Me rasgando com tuas garras
Fere teu lobo, come a carne
Me queima com teu fogo que arde

El Brujo disse...

Trace então,
deixe-me sentir teu hálito quente!
mordo deflorando tuas artéria s
bebendo todos os teus líquidos
roce e sarre como quer bandida
que não se entrega, nem perde a luta

use, abuse...
pq teu outro blog é fechado?

▒▓█► JOTA ◄█▓▒ disse...

ººº
Amei minha querida.

Ai o que se faz com chuva, rs



Beijos tesudos, rs

El Brujo disse...

Lobo Loba

Beijo-te com fúria animal
Com volúpia, selvagem.
Sepulto em você minha língua
Com sede de tua cova funda
Minha loba vadia, ardente, louca
Insana do meu jeito, ela afunda
Ardendo insaciável, se aprofunda

No teu corpo em fogo e nu
Promiscuo como um vira-lata
Teu lobo vadio se entrega
Rasgando com cortes de faca
De lâmina enferrujada e cega

El Brujo disse...

Pode morder (quer dizer mandar) a vontade. Quem sabe não surjam parcerias em duetos, em criações!
Ótima noite de sexta.

Hellena disse...

Nany, lindaaaaaaaaaa

Saudadesssss de vc.
Perdoe minha ausência amiga .... final de ano complicado esse ... mas vamo q vamo

Tenha um lindo fds
Bjsssssssss no coração

Felipe Braga disse...

Uau!
De tirar o fôlego.
Sorvi todo o teu texto até chegar à derradeira palavra.
E me deliciei.

Beijos.

Ricardo Calmon disse...

Olá Nany Amadérrima nossa:

KKKKKK filho meu está tremulo no digitar,pois disse que era um blog de crente e missionária pessoa evangélica,ele nem comentar comigo pode pois estou em cti de descanso cirurgico,e mini laptop,e jo,com vagar, dito entre orientações outras.Sabe, Nany amada nossa,amalgamento esse de pessoas nossas,me faz PESSOA cada vez melhor,assim como sinto,que mui nos conhecemos há mui tiempo!
Estou bem minina sapeca,peralta entre sinônimos todos,que te identificam como uma especial pessoa,amanhã provavelmente alta terei, para retornar à casa minha e escrever muiiiiittttoooooooooooo e reler angelicais cronica suas!
ti amu,ti gosto e te referendo,pessoa linda desse site infinito!

bzu muack,smack,entre ternuras todas essas!

Viva La Vida!

Sílvia disse...

Mas que maravilha de prosa... nem quero imaginar o acto! :)

EU SOU NEGUINHA disse...

Uiiiiiiiiiiiiiiiiiii..
Que doidera mais deliciosa..rsss
Beijos lindona

El Brujo disse...

Sinto falta de tuas visitas e atualizações!

Seca-me a boca
a tua ausência Loba
seca-me os lábios
a falta da tua saliva
e a tua presença louca
da tua voz gemendo rouca
sinto falta dos teus sabores
da tua temperatura e odores
tenho fome dos teus beijos
de te arranhar com os dedos
de te fecundar com meus desejos
de tuas unhas desenhando minha pele
tatuando tua vontade de mim
e me possuindo até o fim, sinto falta!

EROTICAMENTE FALANDO disse...

Passei para te agradecer a visita, as palavras, o carinho...

É sempre bom vir aqui, onde a sensualidade e o erotismo são uma constante!!!

Mil beijos...

Luxuria disse...

Que maravilha, que paixão, tesão e tanta luxuria.

É bom demais quando nos sentimos seguros com quem amamos.


Beijo de luxuria

casalcomsonhos disse...

só passamos para deixar um beijo!!!
beijos quentes

Branca disse...

É uma intensidade tamanha nas palavras que consigo visualizar a cena e imaginar o prazer sentido pelos dois.
Saio daqui doida pra ver meu amor...


Saudades tb Nany!
Deixo um bjo e o desejo de um excelente dia pra vc amiga!!!

El Brujo disse...

A atividade vulcânica acontece por motivos simples! Vc... rs
Selada

Meu corpo...
Selado...
Teu Corpo...
Montado...
Num atalho...
Pensamentos...
Numa curva...
Destinos...
Um encontro esperado...
Para fazer do teu amor...
O meu...
Amanhecer...
Em Porto...
Num amor felino...
Promessa de um amor...
Mansamente...
Aconchegar-me no teu colo...
Na rede...
Aquece-me...
Nos teus beijos...
Nossos corpos...
A rolarem inebriados...
Na Cabana...
Embriagados...
Suados...
Paredes infiltradas...
Pelo desejo...
Chove...
Quero...
Fazer-te do sonho...
Realidade...
Da fantasia...
A necessidade...
Desenlaço os laços...
Amar-te...
Proponho-me...
No temporal...
Bandida Mulher...
Fazer-te feliz...
Artimanhas de animal...
Felino e Sensual...
E... Depois do amor...
Sedento...
Louco...
Insano...
Como fera...
Domado...
No cabresto...
Vencido...
Pleno...
Me acalmar...
Pouco a pouco...
Sou teu aprendiz!
E quedarei feliz...!

El Brujo disse...

semolhou eu seco! Ótima sexta

Ricardo Calmon disse...

Oi,onde estou?quem sou,estou mais perdido que cego em meio a um tiroteio,meus metais fazem blem blem em cérebro meu,estoy ,estoy,affffffffffffffffffffff,e espotaneo foi,vc responsavel foi,sua ...sua ...sapeca minina levada,afff,desde garoto que..deixa pra lá!

Te amuuuuuuuuuuuuuuuu

NanyyyyyyyyyyyyMiga lindaaaaaaaaa!

Viva Vida!

Poeta69 disse...

Tudo o que tu tens que fazer é sentir...

Ricardo Calmon disse...

Aqui passei para te referendar,desejar um lindo final de semana,e que projetos seus de Festas se concretizem da melhor maneira,entre os que mais amas!affffffffffffff!

bzu!

Viva Vida!

Mr.D disse...

tesao :)